Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Quero uma cidade melhor!

por Virgilio Alves, em 26.09.13

Deus quer, o Homem sonha, a Obra nasce” escreveu Fernando Pessoa no seu Mar Portuguez d’A Mensagem, é esse o espírito que vos quero transmitir, um sentimento que “Tomar quer, o Povo sonha, a Obra nasce”.

 

Durante muito tempo sempre nos habituámos a aceitar e conformarmo-nos com a degradação da nossa cidade, com e definhar do nosso concelho, limitámo-nos a constatar factos, a julgar pessoas e a criar ilusões, pensámos que a força do nome de Tomar seria suficiente, deitámo-nos à sombra do Nabão, esperámos que um qualquer messias descesse à Terra para a salvar do seu colapso.

 

Podem crer, andámos cegos, ou pelo menos a maioria andou cega! A verdade é que houve sempre quem apresentasse alternativas.

Quem me conhece sabe que sou uma pessoa de ideias fixas, persistente e, por vezes, com feito intransigente, talvez por isso ainda me dedique a pensar em Tomar, em escrever sobre alternativas, umas mais rebuscadas do que outras.

 

Sou tomarense nascido no dia da cidade, é este o vínculo que me prende, é esta a razão que me faz sonhar com uma cidade próspera, dinâmica, criativa, empreendedora, que retoma ao lugar cimeiro do Médio Tejo donde nunca deveria ter saído.

 

Não tenho agenda, não sou independente, tenho ideologia e isso não me preocupa, tenho uma visão sobre as coisas, uma estratégia, não tenho tempo a perder com suposições nem com manobras políticas. Quem me conhece sabe-lo, quero o melhor para a minha cidade.

 

É por isso que não compreendo como foi possível seguirem-se décadas de poder do PSD e do PS, não compreendo como foi possível que a maioria do povo deste concelho tenha escolhido o caminho do desastre e da perpétua derrota. Eu não sou daqueles que se desculpam dizendo que foram enganados pelas promessas, que votaram na aparência dum cumprimento em campanha e pela oferta duma esferográfica no mercado em dias antecedentes à eleição. Se há culpados pela situação, também o são, a maioria que permitiu este descalabro.

 

Para todos aqueles que me lêem, que acreditam em mim e que me incentivam, podem acreditar que há luz ao fundo do túnel, apesar de tudo, ainda não desisti e mantendo-me fiel e coerente como sempre fui, integro a equipa que ao longo do tempo sempre teve as melhores propostas, que sempre esteve na vanguarda da luta por um concelho de futuro e para todos e, como nunca duvidei da minha capacidade, e não duvido dos restantes membros desta lista, afirmo que somos, de facto, a única lista viável para Tomar.

 

Integro a lista da CDU para a Assembleia Municipal, é lá que devo estar, e aquilo que nos diferencia das restantes é que não nos move a sede de poder ou protagonismo, o exacerbamento do ego, o controlo da vida pública. Não ganhamos nada com isto, por outro lado, dá muito trabalho (aproveito para dar a minha saudação a todos aqueles que, não ganhando nada com isso, se emprenharam neste colectivo) e consome muito tempo.

 

Não desistirei de Tomar mas peço a todos que, de uma vez por todas, acabem com este flagelo, sem vós, não conseguiremos. Não me empurrem a mim e a outros jovens para fora, quero viver cá e quero construir, juntamente com todos, uma cidade melhor.

 

Dia 29, votem em mim, votem nesta equipa, votem em Tomar, VOTEM NA CDU.

 

Virgilio Miguel Almeida Alves;
N.º 6 na lista da CDU para a Assembleia Municipal de Tomar

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:10




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D