Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Feliz Ano Novo

por Antigo Mail, em 31.12.07

Feliz Ano Novo5; 4; 3; 2; 1;

Feliz 2008

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 18:44


Real Fábrica de Fiação

por Antigo Mail, em 30.12.07

Real Fábrica de Fiação   O Projecto Thomar Vrbe disponibiliza apartir de hoje um blogue com conteúdo sobre a Fábrica de Fiação de Tomar.

   História

   Biografias

   Fotografias

http://fiacaodetomar.wordpress.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:09

online surveys - Take Our Poll

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:19


Diga-nos de sua justiça!

por Antigo Mail, em 29.12.07

ponto de interrogação   Uma nova funcionalidade que vamos disponibilizar é um novo método de contacto entre o público e nós, por isso. iremos colocando aqui alguns questionários simples para que nos diga o que pensa sobre a condução deste projecto.

 

   PARTICIPE, A SUA OPINIÃO CONTA!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:06


Jornal Cidade de Tomar

por Antigo Mail, em 28.12.07

Jornal Cidade de Tomar   Saiu na edição desta semana do Jornal Cidade de Tomar na secção de cultura (página 18) a referência ao nosso projecto, onde é explicado, tal como o expusemos no nosso sítio web

os moldes do projecto.

 

Artigo Thomar Vrbe - Jornal cidade de Tomar

   Apenas queremos referir que na quarta coluna o parágrafo que se segue ao subtítulo vantagens, obviamente não faz sentido com o texto, uma vez que se trata do ofício por nós enviado a esta redacção e que provavelmente por lapso aí foi posto. Assim o parágrafo com início em "Boa tarde(...)" e fim em "(...) Fábrica de Fiação." não faz parte do artigo.

   Por fim resta-nos agradecer ao jornal Cidade de Tomar pela divulgação do nosso projecto.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:03


Questionário...

por Antigo Mail, em 26.12.07

Lançamos aqui um questionário.

QuestionárioPedimos à população de Tomar que de alguma maneira esteve relacionada com as Fábricas Mendes Godinho ou de Fiação que tomem um pouco do seu tempo e preencham este questionário de apenas 10 perguntas. A fim de estudarmos a opinião daqueles que viveram por dentro estas fábricas!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:12


Zonas de intervenção

por Antigo Mail, em 21.12.07

Zonas de intervenção

 No website

   No Google Maps

   No Google Earth

 

NÃO DEIXE DE COMENTAR A SUA OPINIÃO SOBRE ESTES ESPAÇOS!!!

 

   Pode consultar este mapa no nosso website (carregue na imagem acima), no Google Maps (Hiperligação na barra lateral) ou descarregar o ficheiro para Google Earth (Hiperligação na barra lateral).

   Para visualizar no Google Earth necessita de ter o programa instalado, obtenha-o grátis aqui: (Sítio Web Google Earth )

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:25


Auto-avaliação - 1º Periodo

por Antigo Mail, em 18.12.07

Projecto   Para quem conhece o nosso projecto e visitou a nossa página e a explicação do projecto, reparou na forma como o dividimos, em três fases distintas, a primeira sobre o enquadramento e visão global da Cidade de Tomar, a segunda referente ao levantamento de informações alusivas ao tema, e a terceira que consiste na elaboração de um relatório final.

 

   Durante este primeiro período , foi concluída satisfatoriamente a primeira fase, e iniciou-se a segunda fase que se estenderá ao segundo período . Os objectivos propostos foram alcançados e preparou-se a segunda fase.

 

   A nossa auto-avaliação de projecto é de 15 valores, uma vez que ainda demorou um pouco a "arrancar" fruto da complexidade do mesmo.

 

   Conscientes de que é necessário mais, iremos nos empenhar cada vez mais para servir a cidade e a comunidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:47


Jornal "O Templário"

por Antigo Mail, em 12.12.07

Jornal O Templário   O Grupo Thomar Vrbe " vem agradecer publicamente ao jornal "O Templário", pela forma como nos recebeu nas suas instalações na Nabância (Tomar).

   Com efeito, fomos às instalações do jornal "O Templário) falar sobre este projecto e do concurso a que concorremos, foram abordados principalmente as ideias-chave, problema-questão e o decurso da nossa investigação. Falou-se dos edifícios em questão e sobre o nosso ponto de vista da situação, ainda nos deram algumas explicações sobre as suas instalações. O que prova que é fundamental a interacção entre os grupos de trabalho e a comunidade local.

   Uma vez mais agradecemos a sua disponibilidade em receber-nos e falar connosco sobre este tema.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:16

    Importa dizer para a compreensão deste capítulo, o que era a Real Fábrica das Sêdas . No período das primeiras tentativas de se implantar uma industria mais forte, é no tempo de Pombal que se assiste a uma grande tentativa de industrialização e fomento comercial em Portugal, do qual e neste caso a Real Fábrica das Sedas do Rato, ora, o Marquês De Pombal designa a Real Fábrica das Sedas do Rato pelo Real Colégio das Manufacturas e concede-lhe poderes de fiscalização e magistério sobre ouras actividades, e criará até por si própria novas fábricas dotando-as de privilégios atribuídos por alvará régio. É necessariamente que por esta instituição passará a ordem para as novas fábricas a instalar.

   Enviada então a representação sobre o requerimento do Noel   Leaitre para a construção de uma nova fábrica em Tomar, ao Marquês de Pombal, é tempo de ser analisada pela Real Fábrica das Sedas. Pretendia então Noel Le Maitre estabelecer por sua iniciativa uma nova unidade industrial na Villa de Thomar e suas vizinhanças uma fábrica de meias de lãa e algodão manufacturadas em thear , necessitando de privilégios e isenções por parte da coroa.

  A direcção da Real Fábrica das Sedas deu o parecer sobre as condições acordadas.

Representação a sua Magestade sobre o requerimento de Noel Le Maitre para o estabelecimento de Huma Nova Fabrica em Thomar

 

   Os Directores da Real Fabrica das Sêdas , e suas dependências: Animados pela influência da Paternal Protecção, com que Vossa Magestade favorece os seus Vassallo , que luvavelmente se aplicão as Artes Fabriz , concorrendo ao mesmo tempo para a felecidade do Reino, e em observancia das Ordens de Vossa Magestade , em resulta da Representação, e Condições de Noel Le Maitre , mestre da Fabrica de Meyas de Seda, e Lãa neste Real Colegio de manufacturas, e da Resposta produzida sobre o mesmo requerimento afim de se lhe conceder e auxiliar o estabelecimento de huma nova Fabrica  de Meyas de Lãa e Algodão fabricadas em Theares na Villa de Thomar , e suas vizinhanças: Para que este utilissimo estabelecimento tenha o seu interiro effeito : Presentarão a Vossa Magestade que aquella importantissima Manufactura, se pode eficaz e permanentemente estabelecer sendo Vossa Magestade servido aprovar, confirmar e proteger os seguintes Artigos para sua interia observancia .

PRIMEIRO

   Há Vossa Magestade por bem que o mencionado Noel Le Maitre possa estabelecer a sua propria custa, na Villa de Thomar , e suas vezinhanças huma fabrica de Meyas , Calçõens , Luvas, Barretes, e Manguitos de Lãa , e Algodão fabricadas em Theares , sujeita a inspecção desta Direcção para lhe fiscalizar a sua conducta , auxiliar e promover os seus maiores progressos para que sempre vão em augmento ; ficando pela mesma sugeição obrigado a dar na mesma Direcção no fim de cada hum anno, hum balanço circunstanciado da mesma Fbrica.

SEGUNDO

   Attendendo Vossa Magestade a achar-se o referido Noel Le Maitr sem fundos suficientes para as despezas, que necessariamente deve fazer neste Novo Estabelecimento: Há por bem que pella mesma Direcção da Real Fabrica das Sedas, se lhe faça o emprestimo de Quatro contos de reis em dinheiro; e se lhe vendão pello justo valor Trinta Theares armados de todo o necessário; formalizando-se de tudo huma conta, que passe em débito do mencionado Noel Le Maitre nos Livros desta Direcção.

TERCEIRO

   Obrigasse o mesmo Noel Le Maitre per si, e seus suceçores, na quella nova Fabrica a satisfazer o computo total da sua divida no precizo têrmo de Doze annos, contados desde a data da Confirmação deste Contrato; principiando o primeiro pagamento no ultimo do Sexto Anno contado na sobredita forma, cujos pagamentos nunca serão menos de hum conto de reis annualmente até à inteira solução desta divida: Os quaes pagamentos se lhe hirão acreditando na sua conta em abono da mesma divida, ao passo que se forem realizando.

QUARTO

   Para animar este Novo Estabelecimento: Há outro sim Vossa Magestade por bem conceder-lhe Livre de Direitos, e Emolumentos de todos os Materiais, que carecer mandar vir de fora, e dentro do Reino, para consumo, e laboratório da mesma Fabrica; pello mesmo espaço de Tempo de Doze Annos. Assim como também a sahida Livre, por Mar, e por Terra de todas as fazendas que se manufacturarem na sobredita fabrica; procedendo para esse fim Attestações desta Direcção que comprovem a verdade e interireza, a que o referido Mestre se compromete.

QUINTO

   Igualmente he Vossa Magestade servido conceder-lhe o Indulto privativo, e Privilegio exclusivo, de que nenhuma outra Pessoa, de qualquer qualidade que seja, possa Durante os mencionados Doze Annos, levantar, nem estabelecer Fabrica alguma deste genero na Villa de Thomar e suas vezinhanças digo a sua Comarca: afim de que a concorrencia lhe não arruine os progressos, desta Nova Manufactura; a qual como Primeira: Há Vossa Magestade por bem tomar de-baixo da sua Real Protecção.

SEXTO

   Obriga-se o referido Noel Le Maitre a estabelecer a ditta Fabrica a sua propria custa; adiantando-se progressivamente de forma, que venha pelo decurso do tempo a fazer inutil a introdução deste genero no Reino, para o que, alem dos oprerarios, que já tem em estado de trabalharem, se obriga a ensinar sucessivamente Trinta Aprendizes Nacionaes regulados na conformidade do Capitulo 12.º dos Estatutos desta Real Fabrica das Sedas; a os quaes Aprendizes sustentará e alojará à sua própria custa, sem que nunca possa repetir premio algum por este beneficio.

SETIMO

   Obriga-se mais o mencionado Noel Le Maitre a ter na ditta Fabrica os seus Livros escripturados mercantilmente por hum Porcionistas da Aula do Comercio; de forma que por elles; e pellos Balanços annuaes, que remetter a Direcção da Real Fabrica das Sedas, se conheça o estado phizico, e progressivo daquella nova Fabrica; para o que se sugeita igualmente a quaesquer Regulamentos, Ordens, e Dispoziçoens, que para o melhor adiantamento da mesma sua Fabrica, lhe forem dados pella referida Direcção.

OITAVO

   Attendendo Vossa Magestade a que o mesmo Noel Le Maitre tem para os fins propostos mandado vir de Pariz a seu Irmão João Francisco Le Maitre , já morador nesta Corte, e igualmente perito na mesma Arte: Ha por bem conceder-lhe, que em cazo de morte do primeiro nomeado, durante os Doze Annos desta graça, se verifique e tenha seu complemento no dito João Francisco Le Maitre ; passando a Elle a mesma Fabrica no estado em que se achar; e com as Condiçoens acima expressadas: e em falta de ambos, ficará aos Herdeiros do primeiro nomeado.

   E porque na sobreditta forma se compromete o referido Noel Le Maitre , auxiliado por esta Direcção, debaixo da Suprêma e Paternal Protecção de Vosssa Magestade , a cumprir interiamente os empenhos deste Novo Estabelecimento, conduzindo-o aos uteis fins, que fazem o seu principal objecto: - Suplica a Vossa Magestade humilissimamente se sirva eficazes os Outros Capitulos deste Contracto Com a sua Real Confirmação.

   Lisboa aos treze de Dezembro de Mil Setecentos e Settenta e hum.

   Joachim Ignacio da Cruz Sobral

   Josef de Sousa e Abreu

   Caetano Alberto Ferreira

   Felix Teixeira de Mattos

   Antonio Martins Bastos

   Noel Le Maitre

   João Francisco Le Maitre

   Francisco Nicolao Roncon.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:28

Pág. 1/2




calendário

Dezembro 2007

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D